POLÍCIA PARA QUEM PRECISA

No Brasil ocorre um fenômeno: os policiais não recebem salários dignos, não são valorizados e por mais incrível que possa parecer, mesmo ao se defenderem ou às vítimas do crime, são sempre responsabilizados pelo resultado da falta de vergonha e de honestidade dos bandidos e também daqueles que se julgam do bem, mas que cometem atos do mal.

Como reagir a violência de um criminoso sem rigor?

Como enfrentar uma arma de fogo na mão de um louco inconsequente, sem que precise fazer uso do mesmo recurso?

Resultado de imagem para policiais

Temos sempre que acreditar que a maioria esmagadora dos policiais, representa o bem e que os policiais maus, são a exceção e não a regra.

Existem na polícia verdadeiros heróis, prontos a dar a própria vida, se necessário for, por alguém que eles sequer conhecem e isso precisa ser reconhecido.

Quando os policiais reivindicam melhores condições, buscando nada mais do que dignidade, são tratados como arruaceiros.

Isso não é justo.

Porém, pelo menos agora, se começa a perceber que policiais são imprescindíveis e representam a última linha entre o bem e o crime.

Valorizar esses guerreiros ao invés de vitimizar ainda mais o criminoso, que apesar de barbarizar, clama pelos direitos humanos é o mínimo que podemos fazer.

Chega de valorizar o bandido e culpar o policial pelo fato de haverem bandidos nas ruas.

Se um crime foi praticado, cabe ao policial apenas resolver o problema, a partir do cometimento do próprio crime e não é justo que os policiais sejam responsabilizados pelos motivos, mesmo que sociais, que levaram o criminoso à vida de crimes.

Paguem os salários dos policiais dignamente e em dia…. tenho certeza que teremos a melhor polícia do mundo.

Pensem a respeito.

Em meio ao caos no ES, policiais militares oram pedindo “paz”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *